Joaninha conheça um pouco mais sobre essa fofura!

terça-feira, fevereiro 26, 2013 Silvia Rodrigues 1 Comments

Quem me conhece sabe o quanto eu amoo Joaninhas, então resolvi saber mais desta lindinhas e compartilhar com vocês.
Foto de Blog Coisa Alheia
Joaninha é o nome popular dos insetos coleópteros da família Coccinellidae. Os cocinelídeos possuem corpo semiesférico, cabeça pequena, 6 patas muito curtas e asas membranosas muito desenvolvidas, protegidas por uma carapaça quitinosa que geralmente apresenta cores vistosas. Podem medir de 1 até 10 milímetros, vivendo até 180 dias. Como os demais coleópteros, passam por uma metamorfose completa durante seu desenvolvimento; seus ovos eclodem em 1 semana e o estágio larval é de 3 semanas, durante o qual o inseto já apresenta a mesma alimentação do adulto (imago). As larvas, geralmente, tem corpo achatado e longo, com tubérculos ou espinhos e faixas coloridas ao seu longo. Possui duas antenas que servem para sentir o cheiro e o gosto. Há cerca de 4500 espécies na família, distribuídas por 350 géneros, distinguíveis pelos padrões de cores e pintas da carapaça.
As joaninhas são predadores no mundo dos insetos e alimentam-se de afídeos, moscas da fruta, pulgões, piolhos da folha e outros tipos de insetos, a maioria deles nocivos para as plantas. Uma vez que a maioria das suas presas causa estragos às colheitas e plantações, as joaninhas são consideradas benéficas pelos agricultores. Apesar da grande utilidade, estes insetos sofrem ameaça dos agrotóxicos utilizados pelos agricultores em suas plantações, embora a maioria das espécies não seja considerada como ameaçadas.
Fonte: wikipedia.org
Foto Blog Coisa Alheia

Joaninhas no Controle Biológico das Pragas

Conhecidas no mundo científico como Hippodamia convergens, as joaninhas são frequentemente utilizadas para realizar o controle biológico de pragas em áreas de cultivo agrícola, dispensando assim o uso de insecticidas químicos que podem ser tóxicos para o ambiente e para o homem, incentivando assim também a agricultura biológica, mas o que tem a ver com as suculentas???

Esses delicados e doces insetinhos são verdadeiros soldados predadores e vorazes no combate às pragas, principalmente os malfadados pulgões e cochonilhas os inimigos n°1 das suculentas. Pra se ter uma ideia, As joaninhas podem consumir cerca de cinquenta pulgões por dia e as fêmeas põem mais de 300 ovos na primavera e no início do verão. Os ovos são pequenos e fusoides, geralmente colocados perto da presa, em lotes verticais, com quase trinta ovos. 
Ovos de Joaninhas
Assim que começam a alimentar-se, as larvas desenvolvem rapidamente alcançando, em um mês o tamanho adulto, ficando com suas cores definitivas, que podem ser vermelho ou amarelo com pontinhos pretos.
As joaninhas comem todo o tipo de insetos mas além dos insetos precisam de uma grande fonte de pólen na sua alimentação. São atraídas por determinados tipo de plantas, mas principalmente pelas plantas que têm flores em forma de copinho como é o caso das tulipas e lírios, por acumularem água em seu interior mantêm o ambiente fresco, onde as joaninhas gostam de fazer as suas casas durante o Verão. 
 

Durante o Outono e inverno as joaninhas hibernam, podendo ser encontradas em fendas, buracos e troncos velhos, especialmente onde tenham folhas para se abrigarem do frio. Como costumam hibernar em conjunto é sempre um cenário bastante curioso. 

Hibernação de inverno
Foi comprovado que o pulgão (que pode ser preto, verde ou amarelo), quando ataca determinada espécie de planta, faz com que ela libere um sinal de alerta, emanando cheiros que atraem as joaninhas ou outros predadores. Então, esses insetos sugadores liberam seu próprio sinal de alerta e se dispersam, fugindo dos predadores. As joaninhas também se sentem atraídas por plantas entre as quais se destacam a erva doce, coentros, cominhos, cenouras, gerânio, endro, funcho, coreópsis, angélica, cosmos e dente de leão, que podem ser plantadas próximos aos seus canteiros de suculentas só para atraí-las, ou você pode encomendar lotes de ovos de joaninhas, mas eu só encontrei em Portugal e USA se alguém souber aqui no Brasil e puder indicar seria ótimo, quero um caminhão!!! 


...algumas imagens dessas belezinhas...



O diretor da fazenda dos estudantes, na Universidade da Califórnia, Mark Van Horn, protege as plantações de tomate e de milho com renques de girassóis. Esta planta anual originária de América do Sul, com suas flores que alcançam um diâmetro de 30 cm, é a moradia perfeita para as joaninhas e vespas parasitas, que combatem os insetos que prejudicam a lavoura. Nos últimos 30 anos, a pesquisa sobre ecossistemas de agricultura orgânica, obteve algumas descobertas importantes, e refinou as técnicas usadas pelos produtores, que preferem alimentos saudáveis, livres de agrotóxicos. Já com as suculentas a maioria dos defensivos (mais fracos) que me atrevi a usar prejudicam de alguma maneira as suculentas ou eles tiram a cera protetora de suas folhas ou queimam estragando totalmente o aspecto delas, então resolvi que a melhor maneira seria mesmo continuar lavando com água e sabão de coco, mas dá um trabalho, pois quando as raízes estão infestadas de cochonilhas... só chorando!!! Agora tenho feito uns experimentos pulverizando óleo de neem e parece que finalmente terei algum resultado positivo e satisfatório. Muitas vezes prefiro arrancar os pendões de flores cheios de botões por abrirem só pra me livrar desses indesejados e terríveis pulgões, o que é um verdadeiro lamento, pois as flores das suculentas são muito aguardadas...
Preste atenção na hora de combater pragas no seu jardim; os métodos mecânicos, como: armadilhas, catação manual, barreiras e boa drenagem, entre outros, são inofensivos. Entretanto o controle biológico é sempre o mais natural e o menos invasivo. Por isso, cuide das joaninhas!
                                                                                             Fonte: http://suculentasminhas.blogspot.com.br

Um comentário:

  1. olá,todos os anos no inverno as joaninhas hibernam no meu quarto,moro em apartamento,e não entendo pq,mesmo eu mudando de endereço elas veem p meu quarto,o único lugar do apartamento q elas ficam,pesquisei p ver se encontrava uma resposta mas não encontrei...

    ResponderExcluir